Browsing All posts tagged under »Poesia Dalila Balekjian«

Ode aos cegos

janeiro 24, 2017

0

Ode aos cegos há gente de duas faces zumbis cheios de fios e as ruas sem deuses estão cheias de medo há muita gente vivendo aí enquanto multidões andam com poucas escondendo suas caras há feridas abertas portas fechadas e você como sempre não manja lhufas há tundra subindo gelo descendo e seus olhos molhados […]

À Sexta Extinção

agosto 25, 2015

0

À Sexta Extinção Eu vejo daqui os homens lutando descobrindo o fogo e a roda então me pergunto -como e porquê? E a vida cresce com os homens que são reis vassalos ou cavaleiros constroem castelos choupanas e acampamentos pelo mundo a se embrenhar sempre olhando um ponto no futuro eles evoluem ganham a terra […]

“Mãe”

maio 10, 2015

0

Pôr da Lua

novembro 20, 2014

0

    Pôr da Lua No canto do céu negro um ponto de luz vai aumentando na abertura da varanda enquanto eu tomo o meu café da manhã de insone. As ruas estvama vazias de veículos, no entanto, bem à minha frente via as luzes da Avenida das Américas , mais para a direita as luzes […]

A Mão de Deus e a Máscara da Morte

janeiro 12, 2014

0

CLIQUE ABAIXO PARA BAIXAR PPS DEPOIS CLIQUE EM ABRIR UM BRAÇO DE VIDAI imagem: NASA:Mão de Deus texto: Dalila Balekjian A Mão de Deus e a Máscara da Morte Então surge no espaço , mesmo cansado e em desânimo, um braço  de vida cheio de energia positiva, que afasta enfim pela forte pressão da sua […]

Será deus quem me olha?

novembro 16, 2013

0

Será deus quem me olha? Será que Deus me olha assim lá do infinito espaço velando por mim no céu e eu aqui deito-me em olhos na sua imensidão-regaço? alço meu vôo corpo lasso em asas de falso aço fazendo de meu o quase laço. eu me envolvo, revolvo e me dissolvo finalmente num sem […]

Mensagem Ano Novo – 2013

janeiro 1, 2013

0

Nesse janeiro que brota num 2013 que acabou de nascer, venho aqui fazer os meus votos: ‘Desejo que o sucesso e a felicidade cheguem a todos os lares aonde houver um coração que acredite no futuro e que invista no amanhã. Um mundo em transformação espia nas nossas janelas, que nós saibamos sempre aonde está […]