O desaparecimento dos Pilares da Criação, na Via Láctea, nebulosa da Águia

Posted on agosto 12, 2017

0


Os Pilares da Criação, vão desaparecer?

 

Publicado em 26 de jun de 2017
Para quem não conhece, primeiro vamos fazer uma introdução.

A Nebulosa da Águia é uma grande a ativa região de formação de estrelas localizada a cerca de 7000 anos-luz de distância da Terra.

Perto do centro, além de uma grande coleção de novas estrelas, estão os chamados Pilares da Criação.

O Hubble, em 1995, fez história quando imageou pela primeira vez os grandes pilares de gás e poeira com um detalhe incrível.

Vinte anos depois, o Hubble fez outra imagem dos pilares para verificar se eles estavam ou não mudando com o tempo e também para melhorar a imagem anterior, usando equipamentos atualizados e melhores.

Mesmo 20 anos sendo um intervalo de tempo bem curto em termos astronômicos, foi possível sim observar sutis sinais de mudanças nos pilares.

Um deles é um jato que se estendeu por mais 100 bilhões de quilômetros no decorrer desses 20 anos, isso é o equivalente a 1000 vezes a distância da Terra ao Sol, e a velocidade foi de 200 km/s.

A nova imagem do Hubble incluiu dados do infravermelho e com isso foi possível observar o que está acontecendo no interior dos pilares, além de mostrar que o gás está evaporando.

As mudanças entre as imagens são sutis, indicando que os Pilares da Criação estão intactos, mesmo que o que nós estamos observando aconteceu a 7000 anos atrás.

A melhor evidência para mudanças vem da base dos pilares, com isso, os astrônomos conseguem calcular em quanto tempo os pilares irão desaparecer.

A conta leva ao resultado de aproximadamente 100 mil anos, ou seja, vagarosamente, os Pilares da Criação irão evaporar e eventualmente irão revelar as estrelas recém-nascidas no seu interior.

 

Resultado de imagem para Pilares da criação

Anúncios
Posted in: Sem-categoria