LARS C : A PERDA DO ICEBERG LEVA À INSTABILIDADE DA PLATAFORMA?

Posted on agosto 4, 2017

0


On 12 July 2017, Europe’s Copernicus Sentinel-1 mission returned radar images showing that a lump of ice more than twice the size of Luxembourg had broken off the Antarctic Peninsula. Since then, this large tabular iceberg – known as A68 – has drifted about 5 km from the ice shelf. Images from Sentinel-1 also show that a cluster of more than 11 smaller icebergs has also now formed, the largest of which is over 13 km long. These ‘bergy bits’ have broken off both the giant iceberg and the remaining ice shelf. The image has been compiled using Sentinel-1 acquisitions on 27 July (right) and 30 July (left).

2 de agosto de 2017
Graças à era dos satélites, recentemente testemunhamos o nascimento de um dos maiores icebergs registrados. Enquanto a dissolução da plataforma de gelo Larsen C da Antártida atingiu as manchetes em todo o mundo, esse evento dramático também apresenta aos cientistas uma oportunidade única de aprender mais sobre a estabilidade do gelo.

Em 12 de julho, a missão européia de Copernic Sentinel-1 devolveu imagens de radar mostrando que um pedaço de gelo mais do dobro do tamanho do Luxemburgo havia quebrado a Península Antártica.

Desde então, este grande iceberg tabular – conhecido como A68 – percorreu cerca de 5 km da plataforma de gelo. Imagens do Sentinel-1 também mostram que um cluster de mais de 11 icebergs menores já se formou, o maior dos quais tem mais de 13 km de comprimento.

Esses “pedaços de bergy” quebraram o iceberg gigante e a plataforma de gelo restante.

Larsen C rift do ar
Uma vez que a Antártica está nos meses de inverno sombrios, as imagens de radar são indispensáveis ​​porque, além da região sendo remota, o radar continua a entregar imagens, independentemente do clima sombrio e ruim

“As imagens de satélite revelam muita ação contínua na plataforma de gelo Larsen C. Podemos ver que as rachaduras restantes continuam crescendo em direção a um recurso chamado Bawden Ice Rise, que fornece suporte estrutural importante para a plataforma de gelo restante “, continuou o Dr. Hogg.

ESA

COPERNICUS

Anúncios