A rachadura na plataforma de gelo LARSEN – C na Antártida chegou a 175 km

Posted on abril 23, 2017

0


Resultado de imagem para LARSEN-c

 Imagem relacionada

Resultado de imagem para antártida no mapa mundiImagem relacionada

A plataforma LARSEN-C  está se partindo

A plataforma LARSEN se situa na península da Antártida no mar de Weddell e se divide em três: LARSEN-A, LARSEN-B e LARSEN-C na ordem da menor para a maior.As plateformas A e B já se desintegraram e a LARSEN0C tem uma rachadira que cabou de completar 175 km de comprimento na sua superfície que é de 50 mil quilometros quadrados e essa rachadura começou em 2016
A prateleira de gelo de Larsen situa-se ao longo da costa nordeste da Península Antártica, um dos lugares de aquecimento mais rápido do planeta. Nas últimas três décadas, duas grandes secções da plataforma de gelo (Larsen A e B) entraram em colapso. Uma terceira seção (Larsen C) parece que pode estar em uma trajetória semelhante, com um novo iceberg pronto para romper em breve.#nNASA

ESA

LARSEN-C CRACK

http://www.esa.int/spaceinvideos/Videos/2017/04/Larsen-C_crack
British Antarctic Survey
British Antarctic Survey (BAS) recentemente capturou este vídeo de uma enorme fenda na plataforma de gelo Larsen C, na Península Antártica.

Atualmente um iceberg enorme, aproximadamente o tamanho do condado de Norfolk, olha o jogo para quebrar a prateleira do gelo de Larsen C, que é mais do que duas vezes o tamanho de Wales-País de Gales. As observações por satélite de fevereiro de 2017 mostram uma rachadura crescente na prateleira de gelo, o que sugere que um iceberg com uma área de mais de 5.000 km² é susceptível de parir em breve.

Pesquisadores do projeto britânico MIDAS, liderado pela Swansea University, relataram vários alongamentos rápidos do crack nos últimos anos. Os cientistas da BAS estão envolvidos em um longo programa de pesquisa para monitorar as prateleiras de gelo para entender as causas e implicações das rápidas mudanças observadas na região. Eles filmaram esta filmagem enquanto eles voavam sobre a prateleira de gelo em seu caminho para coletar equipamentos de ciências.

As prateleiras de gelo em situações normais produzem um iceberg a cada poucas décadas. Não há informações suficientes para saber se o evento de parto esperado em Larsen C é um efeito da mudança climática ou não, embora haja boas evidências científicas de que a mudança climática causou o desbaste da plataforma de gelo. Uma vez que o iceberg pariu, a grande questão é se Larsen C começará a recuar.

Leia a notícia aqui: https: //www.bas.ac.uk/media-post/new -…

Projeto MIDAS: http://www.projectmidas.org/about/

No vídeo abaixo estava com 120 km em dezembro de 2016

The Brunt Ice Shelf
CIBERIA

https://ciberia.com.br/drone-britanico-filmou-fenda-ameaca-separar-iceberg-gigante-da-antartida-9484
“Um pedaço da prateleira está prestes a romper em breve. Quando isso acontecer, o “pedaço” será um iceberg com mais de 5.000 quilômetros quadrados de largura e 350m de altura – mais de quatro vezes a altura do Qutub Minar de Deli e sobre uma área uma vez e meia o tamanho de Goa. E precisamos prestar mais atenção porque poderia potencialmente gravemente impactar as pessoas da Índia a curto e longo prazo.”
“” Portanto, o colapso de Larsen C não contribuirá por si só para a elevação do nível do mar, já que já está flutuando na água. Mas os glaciares que alimentam Larsen C podem porque, quando uma prateleira de gelo cede, estas geleiras começam a fluir muito mais rápido para o mar.”THE WIRE
https://thewire.in/119470/larsen-ipcc-ice-warming/

Anúncios