Mapeando o Campo Magnético da Terra #ESA

Posted on março 25, 2017

0


#”

Apresentado na Reunião de Ciência de Swarm desta semana no Canadá, o novo mapa mostra variações detalhadas neste campo mais precisamente do que as reconstruções anteriores baseadas em satélites, causadas por estruturas geológicas na crosta terrestre.

Uma dessas anomalias ocorre na República Centro-Africana, centrada em torno da cidade de Bangui, onde o campo magnético é significativamente mais nítida e forte. A causa dessa anomalia ainda é desconhecida, mas alguns cientistas especulam que pode ser o resultado de um impacto de meteorito há mais de 540 milhões de anos.

O campo magnético está em um estado permanente de fluxo. O norte magnético vagueia, e a cada poucas centenas de milhares de anos a polaridade gira de modo que uma bússola aponte para o sul em vez de para o norte.

Quando a crosta nova é gerada através da atividade vulcânica, principalmente ao longo do fundo do oceano, os minerais ricos em ferro no magma solidificante são orientados para o norte magnético, capturando assim um “instantâneo” do campo magnético no estado onde estava quando as rochas esfriaram.”#ESA

http://www.esa.int/spaceinvideos/Videos/2017/03/Lithospheric_magnetic_field

Anúncios