Prioridades do Reino Unido para os próximos cinco anos #RELATÓRIO

Posted on julho 14, 2016

0


“Reino Unido Mudança do Clima
Avaliação de Risco 2017
relatório de síntese: prioridades para os próximos cinco anos

O Acordo de Paris é um significativo passo em frente. 195 países, incluindo o Reino Unido vão  “prosseguir os esforços”
para evitar que um aumento de mais do que de 1,5 ° C na temperatura global. compromissos atuais para reduzir
emissões no entanto, mesmo se totalmente implementado, vão levar a um número estimado de 2,7 ° C de aumento. As emissões globais
teriam a necessidade de atingir o pico em breve e, em seguida, cair rapidamente para os objetivos de Acordo de Paris serem viáveis. Até
neste cenário, a sensibilidade incerta do clima de gases de efeito estufa significa que não permaneceria
pelo menos uma pequena chance de 4 ° C ou mais de aquecer-se em 2100. Por isso, é prudente se preparar para o aquecimento embora prosseguindo as reduções de emissões mais rigorosas, como parte do esforço global.”

“O objectivo global do Relatório Evidências é avaliar a urgência de novas medidas para combater a atual
e os futuros riscos e aproveitar oportunidades, decorrentes para o Reino Unido com a mudança climática”

PDF

https://documents.theccc.org.uk/wp-content/uploads/2016/07/UK-CCRA-2017-Synthesis-Report-Committee-on-Climate-Change.pdf

MORE ACTION NEEDED

Flooding and coastal change risks to communities, businesses and infrastructure    ALTO RISCO

Risks to health, well-being and productivity from high temperatures                          ALTO RISCO

Risk of shortages in the public water supply, and for agriculture,                                 MÉDIO/ALTO RISCO

Risks to natural capital, including terrestrial, coastal, marine

and freshwater ecosystems, soils and biodiversity                                                             MÉDIO/ALTO RISCO

Risks to domestic and international food production and trade                                     MÉDIO/ALTO RISCO

RESEARCH PRIORITY

New and emerging pests and diseases, and invasive

non-native species,                                                                                                                      MÉDIO/ALTO RISCO

fonte bbc news

Anúncios