Agência nuclear da ONU vai ajudar Brasil na segurança dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos

Posted on abril 7, 2016

0


Agência nuclear da ONU vai ajudar Brasil na segurança dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos
Publicado em 05/04/2016 Atualizado em 05/04/2016

O Brasil receberá diversos equipamentos de detecção de radiação para fortalecer suas ações de segurança e de prevenção de incidentes envolvendo tecnologia nuclear. Acordo firmado nesta semana também prevê que o governo compartilhe informações suspeitas com a ONU.
A Agência Internacional de Energia Atômica das Nações Unidas (AIEA) e o governo do Brasil firmaram na segunda-feira (4) um acordo para aprimorar as medidas de segurança nuclear que serão tomadas pelo país durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio de Janeiro.

O organismo internacional fornecerá ao Estado brasileiro equipamentos de detecção de radiação e outras formas de assistência de segurança para eventos esportivos. As competições na capital fluminense ocorrerão de 5 a 21 de agosto e de 7 a 18 de setembro.

Entre a tecnologia cedida, a AIEA disponibilizará detectores pessoais de radiação, dispositivos que identificam radionuclídeos e germânio de alta pureza, além de escâneres portáteis de radiação. O plano de contenção de riscos será implementado de forma conjunta, mobilizando a AIEA e a Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN).

A agência da ONU também afirmou estar preparada para oferecer assistência caso haja uma emergência nuclear ou radiológica durante as competições.

O Brasil e o organismo internacional concordaram ainda em compartilhar informações sobre o tráfico ilícito e outras atividades não autorizadas envolvendo materiais nucleares e radioativos. A AIEA deve analisar os dados com base em ocorrências relatadas ao seu banco de informações.

A parceria entre a agência e o Brasil e também com outros países não é nova. Em 2007, o organismo auxiliou as autoridades a fortalecer a segurança dos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro. A mesma competição em 2011, no México, também contou com o apoio da AIEA. Os Jogos Olímpicos de 2008, na China, e as Copas do Mundo de 2006, 2010 e 2014 também receberam assistência da agência da ONU.
ONUBR

Anúncios