Atenção! Alerta! Nível de Raios Cósmicos num avião é ~140 vezes que no mar

Posted on agosto 3, 2015

0


Nêutrons em um plano: Quer experimentar o clima espacial? É fácil. Apenas um passo a bordo de um avião. Recentemente, Spaceweather.com e os alunos da Terra a Sky Calculus vêm monitorando os níveis de radiação cósmica nas cabines de jatos comerciais. As medições de raios-X e raios gama mostram que os viajantes absorver o equivalente a um ou mais raios-X dentais em um vôo típico em todo o EUA. Mas os raios X e raios gama representam apenas uma fração do total de radiação evnvironment. Em 23 de Julho de 2015, pela primeira vez, eles levaram uma câmara de bolhas de nêutrons a bordo. Aqui está o que a câmara parecia no fim de 5 horas de avião de Boston a Las Vegas:

Durante as cinco horas de voo a 23 de Julho, os sensores de radiação acumulada uma dose total de 2.100 microRads (nêutrons + raios-X + raios-gama). Este é ~ 140 vezes a dose de raios cósmicos ao nível do mar durante as mesmas 5 horas.

 

Ler mais spaceweather

——————————————————————————————————-

#Pesquisa Casual

WIKIPEDIA

Raios Cósmicos

“Raios cósmicos são partículas extremamente penetrantes, dotadas de alta energia, que se deslocam a velocidades próximas à da luz no espaço sideral. Portanto, raios cósmicos não são raios, mas partículas.

Essas partículas, ao chegarem à Terra, colidem com os núcleos dos átomos da atmosfera, a cerca de 10 mil metros acima da superfície do planeta, e dão origem a outras partículas, formando uma “chuva” de partículas com menos energia, os chamados raios cósmicos secundários.”

O número de partículas que chegam ao nível do mar, em média, é de uma partícula por segundo em cada centímetro quadrado.

Os raios cósmicos secundários são inofensivos à vida na Terra, mas os raios cósmicos primários são perigosos para os astronautas no espaço.

A Comissão Internacional de Proteção Radiológica (ICRP) reconhece a necessidade de
controle da exposição dos profissionais de voo, como pilotos e tripulação, considerando tais
exposições comparáveis àquelas dos trabalhadores da área nuclear.

 

#iaea.org

http://www.iaea.org/inis/collection/NCLCollectionStore/_Public/46/026/46026990.pdf

#FAB

Experimento vai monitorar radiação cósmica e suas implicações na aviação
O objetivo é entender a influência dos raios cósmicos em sistemas de aeronaves

Qual a influência dos raios cósmicos sobre os sistemas embarcados em aeronaves e sobre a tripulação? Esses são alguns dos estudos que serão possíveis com o apoio de um contêiner-laboratório avançado para monitoramento de radiação cósmica, em funcionamento desde fevereiro deste ano, no Observatório Pico dos Dias (1.860 m de altitude), no Laboratório Nacional de Astrofísica, em Itajubá (MG). O experimento, liderado pelo Instituto de Estudos Avançados (IEAv), órgão ligado ao Comando da Aeronáutica, visa monitorar e acompanhar as variações no fluxo, espectro de energia, e dose devido à partículas produzidas pela radiação cósmica na atmosfera terrestre.
FAB CIÊNCIA
http://www.fab.mil.br/noticias/mostra/21738/CI%C3%8ANCIA—Experimento-vai-monitorar-radia%C3%A7%C3%A3o-c%C3%B3smica-e-suas-implica%C3%A7%C3%B5es-na-avia%C3%A7%C3%A3o

Anúncios